IEFP apela à denúncia de fraudes nos estágios que subsidia

Share Button

IEFPO Conselho Nacional da Juventude denunciou ao Jornal de Notícias que há empresas a exigir aos estagiários 35% da bolsa de estágio, bem como o pagamento das despesas da segurança social. As áreas mais problemáticas são: arquitectura, direito e psicologia, porque os estágios são obrigatórios para exercer a profissão.

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) está a investigar as denúncias de fraude nos estágios subsidiados, mas ainda não conseguiu identificar as empresas envolvidas, sendo necessária a denúncia de casos concretos para poder intervir eficazmente.

Mais informações: jn.pt, dn.pt, e publico.pt

Programa de Trainees da ANA

Share Button

ANA_AeroportosO programa de Trainees da ANA para 2016, prevê a integração de 30 jovens, em estágios de 12 meses, nas seguintes áreas: engenharia e manutenção; gestão e marketing e negócios não-aviação em 5 localizações: Lisboa, Porto, Algarve, Madeira e Açores.

Os candidatos deverão ter o 12º ano, licenciatura ou mestrado.

As candidaturas decorrem até até 28 de agosto.

Mais informações: empregopelomundo.com e talentoana.pt

Ministério de Educação recruta na área social

Share Button

MEO Ministério da Educação está a recrutar dezenas de assistentes sociais, educadores sociais, animadores e psicólogos.

Mais informações: eas.pt

A Comissão de Mercados e Valores Mobiliários tem vagas de estágio para Lisboa e Porto

Share Button

LogoCMVMA Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) proporciona, anualmente, a realização de um estágio remunerado a licenciados em direito e em economia/gestão. Em 2016-2017 o programa terá a duração de seis meses e terá início a 3 de outubro de 2016.

As candidaturas deverão ser enviadas até 19 de agosto de 2016.

Mais informações: E2 e cmvm.pt

Vagas para estágios remunerados no Banco Europeu de Investimento

Share Button

beinvestOs candidatos devem ser nacionais de um dos países-membros da União Europeia ou de um país candidato à adesão, como Albânia, Macedónia, Montenegro e Sérvia e não podem ter mais de 12 meses de experiência profissional. O programa irá começar em outubro de 2016 e as candidaturas decorrem até 7 de agosto.

Mais informações: dinheirovivo.pt