Category Archives: Social

INOV Contacto procura jovens talentosos para estágios internacionais remunerados

INOV Contacto - Estágios Internacionais

Estão abertas as candidaturas para a 22ª Edição do Programa INOV Contacto – Estágios Internacionais, iniciativa gerida pela aicep Portugal Global  e cofinanciada pelo PO ISE – Programa Operacional da Integração Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, Fundo Social Europeu e Iniciativa Emprego Jovem. As candidaturas, feitas exclusivamente online em www.inovcontacto.pt, decorrem até às 15 horas do dia 15 de setembro de 2017.

O INOV Contacto é um programa de estágios profissionais feito em contexto internacional. Durante 6 meses, jovens talentosos ganham experiência profissional através de estágios remunerados em entidades altamente competitivas. Os estágios podem decorrer em qualquer parte do mundo.

O programa é dirigido a jovens até 29 com formação superior, sendo aceites candidaturas de todas as áreas de formação académica. Domínio do inglês, disponibilidade para viver no exterior e motivação para desenvolver uma carreira internacional fazem parte dos requisitos do programa.

Aos jovens, o programa oferece um estágio de 6 meses no exterior, bolsa de estágio e subsídio de estadia, integração numa empresa ou instituição altamente competitiva e preparação para o mundo profissional.

Não percas esta oportunidade de lançar a tua carreira internacional. Sabe mais em inovcontacto.pt

Estágio em Antropologia/ Epidemiologia/ Sociologia-Lisboa

EPIDEMIOLOGIA E HISTÓRIA

Projeto:

Malária urbana em África: novas perspectivas sobre fatores sociais, genéticos de populações, geográficas e vetoriais

Este projeto exploratório com duração de um ano tem como objetivo analisar com mais acuidade/precisão a complexa interação entre mosquito, parasita, urbanização e prevalência de malária ao longo do tempo. Para isso, integrará elementos da parasitologia, geografia, epidemiologia e história e antropologia de forma a produzir um retrato mais definido e robusto de um real em constante alteração.

O perfil do estagiário pode ser aluno de licenciatura, de mestrado, doutorando, ou até pós-doc. Essencial fluência na língua portuguesa e inglesa.

O trabalho decorrerá em grande parte no Instituto de Higiene e Medicina Tropical e poderá  iniciar-se em Maio de 2017, decorrendo por períodos de 3—6 ou 12 meses para estágios em Epidemiologia/Antropologia/História de África/Sociologia.

As responsabilidades esperadas para o interno são:

  • Pesquisar registos de arquivo e/ou científicos (coloniais e contemporâneos) referentes a prevalência de malária em Angola (Luanda) e Guiné-Bissau (Bissau);
  • Rever todas as pesquisas publicadas relativas aos vectores da malaria e mapear a sua distribuição, abundância e ecologia em Angola (Luanda) e Guiné-Bissau (Bissau);
  • Pesquisar as medidas de saúde pública de combate à malária (anti-vetorial e/ou quimioprofilaxia) em Angola (nomeadamente Luanda) e na Guiné-Bissau (nomeadamente Bissau) para o período de 1950 a 2010 (ênfase nos anos de 1970 a 2010).
  • Produção de relatório analítico detalhado referente às tarefas anteriores.

Este estágio é adequado a uma cadeira de projeto de final de licenciatura, mas também pode constituir uma tese de mestrado, dependendo das capacidades e disponibilidade do estagiário.

Infelizmente, o projecto NÃO financia bolsas de estudo ou salários, pelo que o estagiário interessado terá de procurar o seu próprio financiamento (por exemplo, Bolsas Institucionais ou Municipais).

Como concorrer:

  • Verifique se a sua experiência e CV correspondem ao que é pedido
  • Confirme os critérios de elegibilidade para possíveis bolsas dentro da sua Instituição.
  • Depois de todas as alíneas anteriores verificadas, por favor contacte o Professor Jorge Varanda (e-mail: jorge.varanda@uc.pt) com uma pequena carta de motivação (não mais de1 página) e um CV reduzido (não mais que 2 páginas).