Estágios curriculares e de investigação no Laboratório José de Figueiredo

O Laboratório José de Figueiredo, em Lisboa,  disponibiliza estágios curriculares e de investigação, nas seguintes áreas: escultura, metal, papel, mobiliário, pintura, pintura manual, talha, têxteis, laboratório analítico e laboratório fotográfico.

Os estágios curriculares dirigem-se a alunos de mestrado ou licenciatura de cursos de conservação e restauro de estabelecimentos de ensino superior, politécnico ou universitário, nacionais ou estrangeiros, cujo programa inclui um estágio curricular ou seminários práticos.

Os estágios de investigação destinam-se a candidatos, nacionais ou estrangeiros, que pretendam realizar trabalhos no âmbito de projectos de investigação ou projectos que conduzam à elaboração de teses destinadas à obtenção do grau de doutoramento, da qual deverão entregar cópia em formato digital.

A articulação entre os diversos departamentos da DGPC (Direção-Geral do Património Cultural) permitem, aos estagiários, o contacto com uma vasta gama de projetos de intervenção e de pesquisa técnica e científica, bem como o acesso à Biblioteca Central e ao Arquivo Técnico de Conservação e Restauro, fontes privilegiadas de pesquisa e estudo nas áreas da conservação-restauro, técnicas artísticas, ciências da conservação e história da conservação-restauro em Portugal.

Duração dos estágios:

  • Estágio curricular: determinada pelo plano de estudos do curso e acordada com a instituição de ensino que o aluno frequenta.
  • Estágio de investigação: será avaliada caso a caso e acordada com o candidato.

Prazos de candidatura:

  • Os estágios curriculares serão requeridos em função do calendário escolar.
  • Os estágios de investigação e os estágios profissionais deverão ser requeridos, preferencialmente, nos períodos de 1 de Setembro a 30 de Novembro.

Consultar mais informações sobre o envio de candidaturas em patrimoniocultural.gov.pt

UA-40534803-1