O que é mais importante para garantir a satisfação dos trabalhadores?

Um estudo, realizado pelo INDEG-ISCTE em colaboração com a “Human Resources Portugal” e a “Executive Digest”, para analisar a satisfação dos trabalhadores, que contou com a participação de 200 empresas de todos os setores de atividade, revelou que o gosto pelo trabalho desenvolvido se destaca em primeiro lugar com 55,5% da preferência dos colaboradores, segue-se o equilíbrio entre a vida profissional e familiar com 32,68% dos votos, a relação com os colegas também é bastante valorizada, com 28,6%, as condições de trabalho são importantes para 26,1% e a segurança no emprego aparce em último lugar com 24,1%.

De um modo geral os inquiridos consideraram que o aumento das remunerações, benefícios e bónus, e o desenvolvimento das pessoas e a gestão do talento são os aspetos que podem melhorar e devem ser prioritários para as organizações.

Consultar artigo completo de Inês Pinto Miguel em jornaleconomico.sapo.pt

UA-40534803-1