Qual vai ser o impacto da inteligência artificial no mercado de trabalho global?

“No ano passado, o Fórum Económico Mundial deixou toda a gente de queixo caído quando previu que esta quarta revolução industrial iria acabar com cinco milhões de postos de trabalho até 2020, só num grupo de 15 países desenvolvidos e emergentes.”

Contudo, o estudo da consultora Gartner “Predicts 2018: AI and the Future of Work”, conclui que a inteligência artificial (IA) irá criar mais empregos do que aqueles que destruirá no médio prazo.

” O relatório mostra que o número de empregos afetados pelas novas tecnologias IA vai variar conforme a indústria: em 2019, a manufatura sofrerá as maiores consequências negativas, enquanto a saúde, sector público e educação assistirão a um aumento das ofertas de trabalho. O segmento do outsourcing vai sofrer mudanças fundamentais no modelo de negócio, obrigando ao reinvestimento das poupanças geradas pela IA em novas oportunidades.”

Consultar artigo completo de Ana Rita Guerra: dinheirovivo.pt

UA-40534803-1