IEFP divulga calendário de candidaturas para 2020 da medida de Estágios Profissionais

O IEFP (Instituto do Emprego e Formação Profissional) já divulgou o calendário de candidaturas para 2020, para a medida de Estágios Profissionais com a duração de 9 meses, que visa promover a inserção de jovens no mercado de trabalho ou a reconversão profissional de desempregados.

Calendário de candidaturas para 2020

O calendário de candidaturas aprovado para o ano de 2020, prevê a realização de 2 períodos de candidatura nas seguintes datas:

  •  1º período – abertura a 2 de março e encerramento a 30 de junho de 2020 (aviso de abertura de candidatura)
  •  2º período – abertura a 1 de setembro e encerramento a 15 de dezembro de 2020

As candidaturas podem ser apresentadas a partir das 9h00 do dia da abertura até às 18h00 do dia do encerramento de cada período.

Este programa destina-se a desempregados inscritos nos serviços de emprego que reúnam uma das seguintes condições:

  • Jovens com idade entre os 18 e os 30 anos, inclusive, e com uma qualificação de nível 3, 4, 5, 6, 7 ou 8 do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ)
  • Com idade superior a 30 e menor ou igual a 45 anos, que se encontrem desempregadas há mais de 12 meses, desde que tenham obtido há menos de três anos uma qualificação de nível 3 ou superior ou com uma qualificação de nível 2 desde que se encontrem inscritos em Centro Qualifica
  • Com idade superior a 45 anos que se encontrem desempregadas há mais de 12 meses, detentores de uma qualificação de nível 3 ou superior ou de uma qualificação de nível 2 desde que se encontrem inscritos em Centro Qualifica
  • Pessoas com deficiência e incapacidade
  • Pessoas que integrem família monoparental
  • Pessoas cujos cônjuges ou pessoas com quem vivam em união de facto se encontrem igualmente inscritos como desempregados no IEFP
  • Vítimas de violência doméstica
  • Refugiados
  • Ex-reclusos e aqueles que cumpram ou tenham cumprido penas ou medidas judiciais não privativas de liberdade e estejam em condições de se inserirem na vida ativa
  • Toxicodependentes em processo de recuperação
  • Pessoas que tenham prestado serviço efetivo nas Forças Armadas que se encontrem nas condições previstas no n.º 2 do artigo 22.º do Decreto-Lei n.º 76/2018, de 11 de outubro
  • Pertença a outro público específico a definir em regulamentação própria ou por despacho do membro do Governo responsável pela área do emprego, em função das prioridades da política pública

Aconselha-se a consulta de todas as informações sobre Estágios Profissionais no site do IEFP, dado estas informações estarem em permanente atualização.

UA-40534803-1