TOP 5 profissões com mais empregabilidade

A escolha de uma profissão engloba vários fatores, e a empregabilidade é um deles. É certo que devemos seguir uma profissão que gostamos, mas também é importante sabermos que teremos um emprego. A pensar nisso, criamos este artigo com o top 5 das profissões com mais empregabilidade atualmente.

Existem profissões que sempre têm uma taxa elevada de contratações, enquanto outras têm sempre menos. No entanto, o mercado de trabalho é muito volátil e o que hoje é, amanhã pode não ser.

Por isso é que todos os anos surgem profissões novas com grandes procuras. Nesse sentido, nós reunimos aqui as áreas profissionais, ou profissões, que estão em alta atualmente.

Curioso, não é verdade?

Então segue connosco!

5 profissões com mais empregabilidade

Tal como em anos anteriores, assistimos a altas taxas de empregabilidade em áreas nossas conhecidas, como é o caso da saúde. No entanto, o ano de 2020 ficou marcado pela pandemia de Covid-19, a qual demandou mais ainda deste setor.

Por essa razão, não só os médicos tiveram taxas de empregabilidade altas, como todos os outros profissionais de saúde, como é o caso dos enfermeiros, cientistas biomédicos, ou cientistas farmacêuticos.

Apesar de termos assistido a uma taxa maior durante este ano, esta é uma tendência que se segue.

Mas há surpresas também. E é aí que vamos focar. Ora veja!

1 – Engenharia Informática

A engenharia informática é a área que mais contrata atualmente, fora da área da saúde. Sem dúvida, este fenómeno pode ser explicado, também, pela pandemia de Covid-19. Muitas empresas tiveram de mudar a forma de trabalho. Fecharam-se as portas e passou-se a trabalhar a partir de casa, pela internet.

Ora, todo este processo implica o trabalho de um engenheiro informático. Falamos, não só, da criação de sites, lojas online, mas também na criação de plataformas de trabalho para os funcionários da empresa.

Tal como podemos ver no site Guia das Profissões, as profissões de futuro são, de facto, aquelas que estão associadas com o trabalho online. O site considera as seguintes:

  • Analista de Marketing Digital
  • Influenciador Digital
  • Walker Talker
  • Youtuber
  • Especialista em e-Commerce

Como podemos ver, estas profissões são todas, sem exceção, realizadas remotamente, através da internet. Por isso, estima-se que o trabalho seja cada vez mais digital, englobando, também, novas profissões, como é o caso do Walker Talker.

2 – Economia

A maioria das empresas compreende a importância de ter profissionais altamente qualificados para cuidar das suas finanças. Em momentos de crise, como o atual, esta urgência em tomar as rédeas das finanças da empresa é mais evidente.

Os economistas têm a função de assegurar que as empresas estejam saudáveis financeiramente, e têm conhecimentos para isso. Embora em épocas de crise sejam mais procurados, assistimos a uma tendência crescente na procura de profissionais de economia para integrarem altos cargos em empresas privadas e públicas.

3 – Segurança da informação

Nos últimos anos temos assistido a um crescimento dos negócios online, assim como a informatização das informações e dados dentro das empresas. Como sabemos, estas informações e dados são sigilosos e altamente valiosos.

Sendo assim, é preciso ter certeza que todos os dados estão protegidos e longe dos ataques de hackers. Nesse sentido, as empresas têm contratado, cada vez mais, especialistas em segurança da informação.

4 – Engenharia do Ambiente

As preocupações ambientais estão em cima da mesa e estão no centro do debate político e social. As mudanças climáticas estão aí, não há como fugir, e é preciso agir o quanto antes. Governos, empresas e sociedades em geral, estão preocupados com as consequências e procuram, como é lógico, pessoas que possam ajudar nesse sentido.

Por essa razão, os engenheiros do ambiente, ou engenheiros ambientais, são mais procurados a cada dia.

5 – Educação

Os professores são profissionais essenciais numa sociedade, e todos os anos são precisos novos profissionais para lecionar nas escolas portuguesas, especialmente na educação básica, que apresenta maiores taxas de empregabilidade.

Esta é uma profissão de louvar, mas que também enfrenta vários desafios. O facto de não haver uma estabilidade, tanto a nível de emprego, como ao nível geográfico, faz com que muitas pessoas “fujam” desta carreira.

É preciso dizer que até um professor conseguir ficar efetivo, não consegue ter uma vida estável, podendo trabalhar um ano no Porto, e no ano seguinte no Algarve.

No entanto, e apesar desta instabilidade inicial, oferece uma progressão na carreira boa, com bons salários, tanto no ensino público, como no ensino privado.

Concluindo:

Todos os anos surgem novas tendências de contratação, mas conseguimos perceber uma tendência clara para o emprego nas áreas da saúde, engenharia e educação. Além disso, assistimos também a uma procura maior por profissionais ligados à Tecnologia da informação e Segurança da informação.

Embora ainda não consigamos ver, desde já, grandes números em profissões digitais, é muito provável que nos próximos 5 anos se venha a notar um crescimento exponencial do número de profissionais, mas também do número de contratações.

Independentemente da sua profissão ter muita, ou pouca, empregabilidade, lembre-se que deve sempre procurar uma carreira que gosta! Sucesso!

UA-40534803-1